Powered By google

CRIANÇAS, PARTICIPEM DO MINISTÉRIO INFANTIL ESCOLINHA DE JESUS !

Toda quinta-feira, às 19:30 hs,
na cripta da Igreja Matriz São Miguel Arcanjo,
e venham descobrir quem é este grande amigo que nos ama.

Os adultos ficarão, no mesmo horário, no Grupo de Oração.

Traga
sua família!



QUEM QUISER ENTRAR NO REINO DOS CÉUS, QUE SEJA PURO COMO UMA CRIANÇA.

"NO SEU LUGAR, O QUE JESUS FARIA?"

"NO SEU LUGAR, O QUE JESUS FARIA?"
PARA SABER A RESPOSTA EU PRECISO: REZAR, LER E ESTUDAR A BÍBLIA.

Foi um pedido de Nossa Senhora:

Foi um pedido de Nossa Senhora:
Pede pra Mãe que o Filho atende! Quem persevera na veneração à Maria persevera na adoração a Deus, Nosso Senhor!

1 de fevereiro de 2009

Como surgiu o nome Igreja Católica?


830- A palavra “católico” significa “universal” no sentido de “segundo a totalidade” ou “segundo a integralidade”. A Igreja é católica em duplo sentido:

Ela é católica porque nela Cristo está presente. “Onde está Cristo Jesus, está a Igreja católica”. Nela subsiste a plenitude do Corpo de Cristo unido à sua Cabeça, o que implica que ela recebe dele “a plenitude dos meios de salvação” que ele quis: confissão de fé correta e completa, vida sacramental integral e ministério ordenado na sucessão apostólica. Neste sentido fundamental, a Igreja era católica no dia de Pentecostes, e o será sempre, até ao dia da Parusia.

831- Ela é católica porque é enviada em missão por Cristo à universalidade do gênero humano: Todos os homens são chamados a pertencer ao novo Povo de Deus. Por isso este Povo, permanecendo uno e único, deve estender-se a todo o mundo e por todos os tempos, para que se cumpra o desígnio da vontade de Deus, que no início formou uma só natureza humana, e finalmente decretou congregar seus filhos que estavam dispersos... Este caráter de universalidade que marca o Povo de Deus é um Dom do próprio Senhor, pelo qual a Igreja Católica, de maneira eficaz e perpétua, tende a recapitular toda a humanidade com todos os seus bens sob Cristo Cabeça, na unidade do seu Espírito.

Um comentário:

  1. Muitos protestantes contestam as origens da Igreja Católica dizendo que ela teve origem no Concílio de Nicéia, imposto pelo imperador romano, Constantino.
    Nada mais falso. Mais de duzentos anos ANTES de Constantino, Santo Inácio de Antioquia foi o primeiro a chamar os seguidores de Cristo de "católicos". Isto, depois da disputa entre Pedro e Paulo sobre a necessidade de circuncidar os gentios convertidos. Santo Inácio, utilizando o idioma mundial da época,o grego, passou a chamar a Igreja de Cristo de "católica", isto é: universal. Se o idioma da época fosse outro, naturalmente, a Igreja não teria o nome de "católica", mas outro nome.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget